16 de junho de 2010

demasiado estudo

Camões pode dizer alevanta. Saramago ignora a pontuação. Fernando Pessoa era múltiplo. Ora aposto que se fosse para o exame dizer que me alevantei de manhã e fizesse uma pergunta e não usasse ponto de interrogação ou escrevesse portugal (com minúscula), não iria dar bom resultado. E alegar que o meu eu que estudou para o exame não estava em mim à hora do exame? É que eu também posso ser múltipla. Indiscutivelmente, privilégios literários.

* atenção que gosto muito muito de português, de camões e pessoa e, principalmente, de saramago. o eu que escreveu o primeiro parágrafo (aquele que está farto de estudar) é que não.

5 comentários:

Bea disse...

ahaha muito bom! the same, here...

alphamike. disse...

estou para o mesmo com o exame de literatura que tenho segunda. já só vejo lobo antunes por todo o lado.

xary disse...

o estatuto de génio tem dessas coisas... :P

J.R. disse...

Ahahah que espectáculo. Mas acredito que o teu eu que fez o exame não te vai desiludir. Correu bem?

Zuza disse...

Correu sim!